Publicidade

Publicidade

Publicidade

quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

Desembargador nega liminar para Thiago Neves rescindir com o Cruzeiro

Twitter/Mineirão
O desembargador Manoel Barbosa da Silva, do Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais, negou o pedido de rescisão indireta feito pelo meia Thiago Neves. A informação foi primeiramente publicada pelo jornalista Anselmo Góes, do jornal O Globo, e foi confirmada pelo site Globo Esporte. 

O jogador que tem contrato com Cruzeiro até o fim da temporada 2020, e de acordo com ele (Thiago Neves), a sua idade já está avançada e precisa de tempo para negociar com outro clube na próxima janela internacional que se fecha em Janeiro. 

O site Globo Esporte destacou:

O requerimento de Thiago Neves foi feito após a primeira instância do TRT-MG negar um pedido liminar de rescisão indireta provocada pelo alegado descumprimento do contrato de trabalho do jogador — que também cobra direitos trabalhistas não pagos. O meia tem contrato com o Cruzeiro até o final de 2020, e cobra a rescisão imediata para ter tempo de negociar com outro clube, já que a janela de transferência internacional fecha em janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.