sábado, 14 de dezembro de 2019

Cruzeiro demite diretor de base Amarildo Ribeiro, 'braço direito' de Itair Machado

Foto: Gustavo Aleixo
O Cruzeiro demitiu nesta sexta-feira o diretor de base Amarildo Ribeiro, um dos homens de confiança do ex-vice-presidente de futebol Itair Machado. Essa é a primeira decisão importante tomada por Ronaldo Granata, 2º vice-presidente estatutário da gestão de Wagner Pires de Sá e agora responsável pelas categorias de base. O Superesportes confirmou a informação divulgada pelo site Deus Me Dibre.

Amarildo Ribeiro foi contratado pelo Cruzeiro em junho de 2018, por indicação de Itair Machado, com quem havia trabalhado no Ipatinga e conquistado o Campeonato Mineiro de 2005.

O dirigente também acumulava experiências em clubes do interior de Minas Gerais, como Nacional de Muriaé, Social de Coronel Fabriciano, Nacional de Nova Serrana, Valeriodoce de Itabira e Democrata de Governador Valadares.

Sob a gestão de Amarildo, o Cruzeiro incorporou a base com vários atletas, que, posteriormente, integraram o elenco principal: o goleiro Vinícius, o lateral-direito Weverton, o lateral-esquerdo Rafael Santos, os volantes Adriano, Éderson e Jadsom, o meia Maurício e o atacante Welinton.

Em outubro, Zezé Perrella chegou a afirmar que Amarildo Ribeiro fazia um bom trabalho no Cruzeiro e, por isso, iria mantê-lo na função. “Eu nunca fui de perseguir ninguém: 'Vou mandar esse cara embora só porque ele é amigo daquele cara'. Não. Comigo não tem isso. Tanto é que eu optei por manter o Amarildo, porque ele está fazendo um excepcional trabalho”, disse.

“Nisso aí, eu tenho que dar os parabéns ao Itair, que contratou ele. Ele trabalhou 20 anos com o Itair, aí eu falei com ele: ‘Seja fiel ao Cruzeiro, como você foi com ele (Itair). Se você for, você vai continuar, porque eu quero o bem do Cruzeiro’. O dia que eu entender que não está trabalhando direito, eu mando embora. Mas eu vou dar a ele a oportunidade de fazer o trabalho bem feito, que ele já vem fazendo”, acrescentou Zezé.

No entanto, com a saída de Perrella da gestão de futebol, o Cruzeiro definiu que Amarildo Ribeiro não seguirá à frente das categorias de base. A princípio, permanecem na Toca da Raposa I o diretor administrativo Quintiliano Lemos e o gerente de futebol de base Wilmer Mendes.

(Superesportes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.