Seus anúncios aqui

Presidente do Fluminense confirma interesse em Fred: 'faremos de tudo para repatriá-lo'

Reprodução / Instagram
Estadão Conteúdo

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, esteve no CT Pedro Antonio e concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira. O mandatário falou sobre diversos assuntos, como a venda do jovem atacante Leandro Spadacio, para o Shabab Al Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, a implementação de um "Portal da Transparência", o trabalho do técnico Fernando Diniz e o possível retorno de Fred.

"Qualquer profissional está sob constante avaliação. Estamos fazendo avaliação desde que a gente chegou e das condições que ele tem de trabalho. Ele tem só um titular do começo do Carioca no time atual. O time está nas quartas de final da Sul-Americana. Estamos mal no Brasileiro, na zona de rebaixamento, mas quem olha aqui de dentro vê que o trabalho é realizado de forma correta. Está mais sólido do que nunca", analisou.

O presidente do clube carioca admitiu o desejo de contar novamente com Fred, hoje no Cruzeiro, e que construiu uma história vitoriosa no Fluminense entre 2009 e 2015, tornando-se ídolo da torcida. Amigo do centroavante, Bittencourt disse que fará de tudo para concretizar seu retorno para a próxima temporada.

"Já falei algumas vezes, temos uma relação muito boa. Ela se construiu aqui no Fluminense. Fui o responsável pela renovação do contrato em 2015. Infelizmente, ele saiu daqui de maneira ruim. A instituição não foi inteligente com o ídolo. Respeito o contrato dele com o Cruzeiro. Se for possível dele voltar em janeiro, e não farei pelas costas do Cruzeiro, faremos de tudo para repatriá-lo. Mas terá de ser dentro das nossas condições. Estamos sendo criativos. Se ele nos abraçar dentro da nossa realidade, faremos de tudo para tê-lo aqui", admitiu.

Em relação à transferência de Leandro Spadacio, Bittencourt teve de se pronunciar pois a transferência do atleta provocou grande repercussão. O presidente afirmou que o jogador não teve o desempenho que a comissão técnica esperava e a venda foi boa para o clube.

"Esse atleta é de qualidade, mas não performou no profissional. Há atletas de 16, 17, 18 anos treinando no profissional. Ele estava próximo de 20 anos. E aí chegou uma proposta do mundo árabe, não houve nenhuma proposta da Europa, do clube comprar 70% dos direitos e o Fluminense ficar com 30%".

No cargo há quase dois meses, Bittencourt não comentou sobre valores dessa e de outras negociações, mas disse que o clube vai implementar em outubro o "Portal da Transparência", que servirá, como o nome sugere, para divulgar as informações sobre as contas do clube.

"O Fluminense tem um balanço que é publicado. A gente vai implementar em setembro ou em outubro o Portal da Transparência. Assim que a gente implementar o portal, vocês terão ciência dos valores. Foi um valor interessante dentro da realidade que expliquei aqui", explicou.

Postar um comentário

0 Comentários