Seus anúncios aqui

Em conversa com organizada, Santana revela sentimento do time para o clássico: 'ódio mortal'

Reprodução / Internet 
Hoje em Dia

Na reta final de preparação para o clássico contra o Cruzeiro, marcado para o próximo domingo (4), às 19h, no Independência, o elenco do Atlético teve contato com membros de uma organizada na porta da Cidade do Galo.

Antes do penúltimo treinamento antes de encarar o arquirrival, realizado nessa sexta, alguns torcedores compareceram ao centro de treinamento do Galo e conversar com os jogadores Patric e Réver e com o técnico Rodrigo Santana.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, os integrantes da organizada afirmam que não admitiam perder para a Raposa. Em resposta, o comandante alvinegro afirmou que o sentimento dos jogadores para o duelo é de ódio mortal.

“A gente até hoje não entende, a gente acabou entregando aqueles gols (no Mineirão, na Copa do Brasil). (...) Pelo que estou sabendo, eles devem vir com time titular, porque o bicho está pegando lá. O sentimento dos jogadores aqui é de ódio mortal. No jogo que ganhamos por 2 a 0 aqui, os caras entraram (mordidos). Tinha "nego" que chorava no vestiário”, disse Santana.

Um dos torcedores afirmou que o motivo da ida a Cidade do Galo era para passar apoio ao time, e respondeu o técnico do Atlético.

“É isso que a gente quer. É só isso que a gente quer. Essa vontade, esse desejo, essa entrega”, afirmou o torcedor.

Em seguida, outro membro pediu para Rodrigo Santana encaminhar a mensagem aos jogadores, citando o atacante Ricardo Oliveira, que amarga um jejum de 14 jogos sem balançar as redes.

“Passa lá. Passa uma mensagem para os caras. Igual o Ricardo Oliveira, a gente sabe que o cara está trabalhando, sabe que é um cara de grupo. Não está conseguindo fazer os gols, mas pode falar com ele que estamos apoiando, que uma hora vai dar certo, se Deus quiser vai ser domingo”, completou.

Cobrança

Em boa fase com a camisa do Atlético, o lateral Patric também parou para conversar com o pequeno grupo de torcedores.

Ao jogador, um torcedor reforçou a cobrança para time não perder para o maior rival no domingo.

“Todo clássico pra nós é para dar a vida. Vocês fazem o papel de vocês no campo, a gente faz o nosso na arquibancada. A gente veio para dar uma força mesmo, para não dar mole para os caras. (...) Para a gente não precisa ganhar de ninguém, mas perder para esses caras a gente não aceita. Você é um cara que é uma liderança e mostra vontade dentro de campo, a gente só quer isso dos jogadores”, afirmou um dos torcedores a Patric, que disse que vai transmitir a mensagem para o elenco.

Postar um comentário

0 Comentários