quarta-feira, 10 de julho de 2019

TN10 comenta sobre salários atrasados e afirma que investigações não vão interferir no time

📷 Vinnicius Silva 
Hoje em Dia 

A dois dias do jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil contra o Atlético, marcado para esta quinta-feira (11), às 20h, no Mineirão, o Cruzeiro viveu mais um capítulo da crise institucional que atravessa nas últimas semanas.

Nessa manhã, agentes da Polícia Civil cumpriram mandados de busca e apreensão na sede administrativa do clube e nas residências do presidente da Raposa, Wagner Pires de Sá, do vice-presidente de futebol, Itair Machado e do diretor geral, Sérgio Nonato.

A operação deflagrada pela Polícia Civil (PC) foi batizada de "Primeiro Tempo", e teve como intuito recolher provas para a investigação que apura supostas irregularidades e transações financeiras ilegais.

Uma das principais referências do elenco comandado pelo técnico Mano Menezes, o meia Thiago Neves negou que as investigações das autoridades vão interferir no desempenho da equipe no confronto desta quinta.

“Nem um pouco (vai inteferir), até porque a gente já vem com o pensamento no Atlético desde o sorteio. O que aconteceu hoje não vai interferir em nada. O objetivo nosso é passar, é o maior rival, é um jogo que vai parar a cidade. O torcedor está com a gente, e não quer saber o que aconteceu hoje, quer saber sobre quinta-feira. Vamos nos empenhar. Esses dois jogos são mais importantes”, afirmou TN10, em entrevista coletiva concedida nessa terça-feira, na Toca da Raposa II.

Salários atrasados

Thiago Neves também comentou sobre o atraso no pagamento dos salários dos jogadores e dos demais funcionários do Cruzeiro.

“Não procuro ficar acompanhando também (as coisas extracampo). Mando mensagem para o Itair, mas nós jogadores temos que estar juntos. Para mim, como funcionário, está tudo em ordem... Os salários atrasaram, mas qual clube não atrasa? Começaram a bater nisso porque o Cruzeiro nunca atrasa. Não vamos tirar o foco de quinta-feira”.

TN30 ainda revelou que os débitos foram regularizados e reafirmou a confiança na diretoria da Raposa.

“Incômodo nem um pouco. Ontem já acertaram, está todo mundo rindo à toa no clube. A gente conversou, o Itair disse que estava difícil, eles jogam aberto com a gente. Disseram que iam acertar. Nos primeiros dias, é estranho, porque dois anos recebendo em dia, você pergunta: Está tudo em ordem?”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

SIGA O FUTBLOG DO SORRISO NO FACEBOOK