terça-feira, 16 de abril de 2019

Goleiro brilha nos pênaltis, Talismã vence e vai à final inédita da Copa Vale do Aço

WR 1 x 1 Talismã  - Jogo de volta da semifinal da Copa Vale do Aço (Nos pênaltis: 4 a 2 Talismã)

Um domingo de jogo decisivo. De um lado, estava a WR, e de outro, o Talismã. JOGO TRANSMITIDO AO VIVO E EXCLUSIVO PELO FUTBLOG DO SORRISO.

O jogo na tarde deste domingo valia vaga na grande final da Copa Vale do Aço de Futebol Amador. Na ida, em Cachoeira Escura, empate por 1 a 1. Estava tudo em aberto. Os dois times que desde o início da competição vinham sendo apontados como favoritos a chegar na finalíssima. Uma tarde de jogo dramático. A vaga seria decidida nas penalidades.

A WR atuava em casa e lutava para conseguir chegar na decisão contando com o melhor que tinha. O Talismã por outro lado, brigava bravamente, mesmo sem poder contar com um de seus principais jogadores, o atacante Negão, um dos artilheiros da competição e peça fundamental no time comandado pelo técnico Rafael. A WR ficou sem um jogador ainda na etapa inicial quando Romim acabou sendo expulso após receber o segundo amarelo e consequentemente o vermelho do árbitro Lineu Cesar.

No jogo, os dois jovens goleiros se destacariam: Lucas (WR) e Tekin (Talismã). Defesas importantes, salvando suas equipes da forma que podiam. A WR tentava suas principais ações através de Max, que caía pela direita, e com o habilidoso Jeguinho. Sempre a bola passava pelos pés desses dois jogadores. Já o Talismã mostrava força apostando em uma ação super coletiva. E, de fato, fez valer o grupo, quando Zoi bateu a bola para o meio da área e Thiaguinho mostrando uma frieza "absurda" colocou a bola no fundo da rede da WR, abrindo o placar: 1 a 0.

Porém, o Talismã tinha pela frente um adversário muito qualificado e difícil de ser batido mesmo atuando com um homem a menos. Não demorou muito para o camisa número 11 Lelei fazer o gol do empate do time mandante: 1 a 1. Ele aproveitou uma bola na grande área e bateu sem chances para o arqueiro do Talismã. Um jogo onde um simples vacilo poderia ser fatal e a vaga escapar. No final do tempo normal, tudo igual e decisão na marca da cal. Brilhou o goleiro Tekin. Pegou duas cobranças e o Talismã carimbou seu passaporte para a grande final contra o Unidos, que por sinal, será inédita, entre dois times do distrito de Cachoeira Escura, em Belo Oriente.



 A WR jogou com: Lucas; Gabriel Verli, Benzema, Max, Thiago; Valber, Romim, Jeguinho, Guilherme; Reider e Tairone. Suplentes: Gleicinho, Gemada, Lelei, Fabrício e Lorianderson. Técnico: Deivan.

 O Talismã jogou e se classificou com: Tekin; Júlio, Pretinho, Uarlei Madimbu, Welington; Vinícius, Luiz, Max Tulio e Jefinho; Woshinho e Endinho. Suplentes: Vitor Fumaça; Ícaro "Mosquito", Polegar, Zoi e Thiaguinho. Técnico: Rafael.

 Arbitragem: Lineu Cesar.
 Assistentes: Edvan e Sérgio Teixeira.

 Expulso: Romim (WR)

Gols do jogo no tempo normal: Thiaguinho (Talismã) abriu o placar e Lelei (WR) empatou.



Sequência dos pênaltis: Thiaguinho (Talismã - gol), WR (gol), Woshinho (marcou 2 a 1 Talismã), WR (gol), Júlio (gol do Talismã: 3 a 2), Max (bateu e Tekin defendeu. Errou a primeira cobrança/WR), Jefinho (fez 4 a 2 Talismã/gol) e  (WR perdeu mais uma cobrança, com Tekin defendendo mais uma vez e sendo um dos herois da classificação).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

SIGA O FUTBLOG DO SORRISO NO FACEBOOK