quarta-feira, 13 de março de 2019

Levir cita finalizações como maior 'pecado' do Galo e diz que time esteve próximo da vitória

Foto: Bruno Cantini / Atlético / Divulgação
O Atlético não merecia ser derrotado pelo Nacional, por 1 a 0, no Uruguai. Esta, pelo menos, é a visão do técnico Levir Culpi após mais um revés do alvinegro na Copa Libertadores.

Durante a entrevista coletiva, o comandante atleticano mostrou sua visão do confronto, que está longe de ser a da maioria dos torcedores, pelo menos pelo o que mostra a reação nas redes sociais.

"A sensação é que estávamos mais próximos da vitória do que o adversário, mas futebol é isso. Eles aproveitaram a oportunidade que tiveram. As nossas oportunidades criadas foram boas também, mas o quesito principal foi a finalização; não acertamos e não fizemos", disse Levir.

"O resultado poderia ter acontecido hoje. Era só a bola entrar. Num modo geral, a apresentação foi regular e o jogo foi muito equilibrado. Não podemos tirar o mérito da vitória deles e este jogo já ficou para trás", concluiu.

No próximo dia 3, uma quarta-feira, o Atlético volta a campo e encara o Zamora, da Venezuela, no Mineirão. Empate ou derrota está fora de cogitação para o time mineiro, que irá na base do "Eu Acredito!" até o final da fase de grupos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

SIGA O FUTBLOG DO SORRISO NO FACEBOOK