quarta-feira, 13 de março de 2019

Cruzeiro defende invencibilidade de 22 anos como mandante na fase de grupos da Libertadores

Foto: Vinnícius Silva / Cruzeiro / Divulgação
Cruzeiro acumula 29 partidas disputadas na fase de grupos da competição, com 25 vitórias; última derrota foi em 1997, quando conquistou o bicampeonato

Único clube entre os participantes da atual Libertadores a nunca ser eliminado da fase de grupos, o Cruzeiro também ostenta uma longa invencibilidade atuando como mandante pela fase de classificação do torneio continental.

São 22 anos, ou 29 partidas, sem derrota, em 10 edições disputadas no período. Contra o Deportivo Lara, nesta quarta, ás 19h15 (de Brasília), no Mineirão, o Cruzeiro poderá então chegar ao 30º jogo sem ser derrotado.

A última vez que perdeu na fase de grupos foi justamente no ano do último título: 1997. Na estreia daquela edição, a equipe caiu por 2 a 1 para o Grêmio, no Mineirão. A partir das vitória sobre Sporting Cristal e Alianza que começou a "dinastia" de invencibilidade. Naquele ano, o time fez uma campanha de recuperação e acabou conquistando o bicampeonato da Libertadores contra o próprio Sporting Cristal, após eliminar equipes como Grêmio e Colo-Colo, nas quartas de final e semifinal, respectivamente.

Depois da última derrota, o Cruzeiro tem 25 vitórias e quatro empates em casa pela fase de grupos – aproveitamento de 90,8% (veja a tabela com todos os resultados da sequência). São 87 gols marcados (média de três gols por jogo) e 11 sofridos (média de 0,37 por partida). A Raposa disputou, depois de 1997, as edições de 1998 (não jogou a fase de grupos por ter sido campeão no ano anterior), 2000, 2004, 2008, 2009, 2010, 2011, 2014, 2015 e 2018.

Revezes ocorreram apenas em disputas de mata-mata na Libertadores. Em 2008, nas oitavas de final com o Boca Juniors (2 a 1, no Mineirão), na final de 2009 (2 a 1 para o Estudiantes, no Mineirão), nas quartas de final de 2010 para o São Paulo (2 a 0, no Mineirão), nas oitavas de 2011 (2 a 0 para o Oncel Caldas, na Arena do Jacaré), nas quartas de final de 2015 para o River Plate (3 a 0, no Mineirão) e para o Flamengo, ano passado, por 1 a 0, no Mineirão, pelas oitavas de final.

Por causa destes números, o Cruzeiro é considerado muito forte como mandante, e bons resultados em Belo Horizonte viraram rotina em termos de fase de grupos. Contra o Deportivo Lara, a equipe pode chegar aos seis pontos no Grupo B e se ver em situação ainda mais confortável.

Sequência invicta do Cruzeiro como mandante na fase de grupos

Edição Partida

1997 Cruzeiro 2 x 0 Alianza Lima-PER
1997 Cruzeiro 2 x 1 Sporting Cristal-PER
2001 Cruzeiro 3 x 1 Olimpia-PAR
2001 Cruzeiro 5 x 0 Sporting Cristal-PER
2001 Cruzeiro 2 x 0 Emelec-EQU
2004 Cruzeiro 3 x 1 Caracas-VEN
2004 Cruzeiro 1 x 1 Santos Laguna-MEX
2004 Cruzeiro 5 x 0 U. Concepción-CHI
2008 Cruzeiro 3 x 0 Real Potosí-BOL
2008 Cruzeiro 3 x 0 Caracas-VEN
2008 Cruzeiro 3 x 1 San Lorenzo-ARG
2009 Cruzeiro 2 x 0 Deportivo Quito-EQU
2009 Cruzeiro 2 x 0 Universitário Sucre-BOL
2009 Cruzeiro 3 x 0 Estudiantes-ARG
2010 Cruzeiro 4 x 1 Colo-Colo-CHI
2010 Cruzeiro 2 x 0 Deportivo Itália-VEN
2010 Cruzeiro 3 x 0 Vélez Sarsfield - ARG
2011 Cruzeiro 5 x 0 Estudiantes-ARG
2011 Cruzeiro 4 x 0 Guaraní-PAR
2011 Cruzeiro 6 x 1 Deportes Tolima-COL
2014 Cruzeiro 5 x 1 Universidad de Chile
2014 Cruzeiro 2 x 2 Defensor-URU
2014 Cruzeiro 3 x 0 Real Garcilaso-PER
2015 Cruzeiro 0 x 0 Huracán-ARG
2015 Cruzeiro 3 x 0 Mineros-VEN
2015 Cruzeiro 2 x 0 Universitário Sucre-PER
2018 Cruzeiro 0 x 0 Vasco
2018 Cruzeiro 7 x 0 Universidad de Chile
2018 Cruzeiro 2 x 1 Racing-ARG
Fonte: GloboEsporte.com

O atacante David, que deve ficar como opção no banco de reservas do técnico Mano Menezes, falou da importância de conseguir um bom resultado na estreia do Cruzeiro jogando como mandante na Libertadores.

- É um jogo importante, acho que é bom fazer um jogo bom em casa. Ontem tivemos a vitória, deixar o que passou com duas vitórias. É bom a gente na quarta fazer um belo jogo, trazer a torcida para nosso lado. Fazer um jogo importante para conseguir a vitória – ressaltou o jogador.

Retrospecto contra venezuelanos

O Cruzeiro já atuou 14 vezes contra equipes da Venezuela e nunca foi derrotado. A última vez foi em 2015, quando venceu o Mineros de Guayana, duas vezes, na fase de grupos. São 14 partidas disputadas, com 12 vitórias e dois empates. Na estreia da Libertadores, o Deportivo Lara empatou sem gols com o Emelec, na Venezuela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

SIGA O FUTBLOG DO SORRISO NO FACEBOOK