sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Cruzeiro consegue conversão de penas, e Edilson e Léo podem jogar na estreia do Mineiro

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro - Edilson vai para a partida em Divinópolis

TJD-MG transforma punições em doação de cestas básicas; com isso, e lateral direito e zagueiro estão à disposição de Mano para enfrentar o Guarani-MG, neste sábado, no Farião


Matéria do Gabriel Duarte, do GloboEsporte.com, destaca que o Cruzeiro terá dois reforços para a partida contra o Guarani, na estreia pelo Campeonato Mineiro. Além do lateral Edílson, o zagueiro Léo.

Confira:

O Cruzeiro obteve uma vitória no Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais (TJD-MG), nesta sexta-feira. O clube mineiro teve acolhido o pedido de conversão de pena, com isso, o lateral direito Edilson e o zagueiro Léo vão poder estrear no Campeonato Mineiro contra o Guarani-MG, neste sábado, às 16h30 (de Brasília), no Farião, no jogo que abre a competição estadual.

O pedido foi analisado em caráter de urgência pelo presidente do Tribunal, que convertou a pena em doações de cestas básicas a alguma instituição. A doação precisa ser comprovada para que a conversão seja realmente efetivada. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da Federação Mineira de Futebol (FMF).

Léo foi punido, após o fim do Estadual, por causa da cotovelada em Ricardo Oliveira, no clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro, ainda na fase de classificação do Campeonato Mineiro. Na ocasião, o árbitro do partida não expulsou Léo e nem relatou o ato em súmula.

No primeiro julgamento, o zagueiro foi punido com duas partidas pelo lance com Ricardo Oliveira, mas a Procuradoria do TJD-MG recorreu da decisão, considerando a primeira decisão "branda", e conseguiu que a pena fosse aumentada para quatro partidas.

O Cruzeiro conseguiu efeito suspensivo, Léo jogou a final do Campeonato Mineiro, mas depois o caso foi novamente julgado. O defensor teve a pena mantida, ficando de cumprir mais dois jogos de suspensão no Estadual de 2019. Entretanto, agora, não será mais preciso.

Já Edilson foi suspenso por causa da confusão com Otero, no segundo jogo da final do Campeonato Mineiro, quando o lateral cruzeirense foi acertado pelo meia venezuelano. O ala foi amarelado pelo árbitro e, depois, acabou sendo julgado e suspenso por uma partida.

Com os cruzeirenses liberados, Mano pode voltar atrás na escalação e colocar a equipe em campo com: Fábio; Edilson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique e Lucas Silva (Ariel Cabral); Rafinha, Robinho e David; Fred.

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/cruzeiro/noticia/cruzeiro-consegue-conversao-de-penas-e-edilson-e-leo-podem-jogar-na-estreia-do-mineiro.ghtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

SIGA O FUTBLOG DO SORRISO NO FACEBOOK