As últimas do esporte na região, no Brasil e no mundo. Saiba de tudo aqui no FUTBLOG DO SORRISO. Visite nossa página no Facebook. Siga-nos ainda no Instagram, Twitter e YouTube. FUTBLOG DO SORRISO: informação com dinamismo!

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Presidente e Supervisor do Cruzeiro foram à Conmebol após arbitragem polêmica contra o Boca

Crédito: Reprodução/Twitter/Cruzeiro
O presidente Wagner Pires de Sá e o supervisor administrativo Benecy Queiroz, do Cruzeiro, foram nesta quinta-feira na sede da Conmebol para protestar contra o ocorrido na noite de quarta-feira em Buenos Aires no jogo contra o Boca Juniors válido pelas quartas de final (ida) da Libertadores. O time mineiro acabou prejudicado pela arbitragem do paraguaio Eber Aquino.

O time perdia por 1 a 0, quando o zagueiro Dedé acabou expulso de forma bisonha pela arbitragem que entendeu que ele havia agredido o goleiro Andrada. Foi um choque normal. Não houve nada de agressão no lance. O Boca Juniors acabou saindo de campo com a derrota por 2 a 0.

A equipe mineira precisa de reverter o resultado adverso na partida de volta no estádio Mineirão. O vice de futebol Itair Machado, já declarou em entrevista coletiva à imprensa, após a partida desta última quarta-feira, que os ingressos terão preço acessível. O público deverá lotar o Mineirão para empurrar a Raposa que precisa de fazer o resultado em casa para avançar para a fase semifinal da competição sul-americana.

O cruzeiro precisa de vencer por diferença de pelo menos três gols para seguir adiante na Copa Libertadores da América. O técnico Mano Menezes deu entrevista coletiva após a partida desta última quarta-feira e destacou que segue mais do que nunca confiante no time na busca pela classificação para a próxima fase.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.