sábado, 11 de agosto de 2018

Corpo de Bombeiros desconhece causa do acidente em Ipatinga


Em nova nota oficial, o 11º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informou que ainda não se sabe a causa da explosão, nesta sexta-feira (10), de um dos dois gasômetros da Usina Siderúrgica da Usiminas, em Ipatinga, Minas Gerais.

Explosão em um gasômetro da Usina de Ipatinga, em Minas Gerais.

Crédito: Corpo de Bombeiros
“O tanque continha uma mistura de gases utilizada na produção de aço, denominada LDG (Linz Donawitz Gás),

também chamado gás de aciaria. O principal componente desse gás é o monóxido de carbono”, detalha a nota.

Conforme a corporação, a usina está fechada e não há data prevista para o retorno das atividades. Nos próximos dias, a Defesa Civil fará perícia para identificar em laudo as causas da explosão.

O Corpo de Bombeiros confirma o número de 30 feridos, todos empregados ou prestadores de serviço.

Uma das vítimas sofreu corte no rosto, decorrente de estilhaço que foi lançado com a explosão. “As outras 29 vítimas foram pessoas que tiveram tonturas ou mal súbito decorrente da situação de pânico ou inalação de gás”.

De acordo com a nota, “um fator que favoreceu a menor gravidade da ocorrência foi o fato de a fábrica estar em horário de almoço no momento da explosão”.

Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

FUTBLOG DO SORRISO NO FACEBOOK