terça-feira, 10 de abril de 2018

Galiotte chamar o Paulistão de "Paulistinha" não ficou legal

Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras
Maurício Galiotte (detalhe)

Todos tem direito de protestar, de defender seu clube e por aí vai. O que não ficou legal foram as declarações do presidente Maurício Galiotte, do Palmeiras. O Paulistão é referência. E isso não é de hoje. Chamar o Paulistão de "Paulistinha" não pegou bem.

Agora vai dizer que não queria ganhar o campeonato? Lutou e lutou por algo que não valia nada? Conta outra história. Ah, teve erro de arbitragem e isso, aquilo outro. Não entro nesse mérito. O que não pode é desmerecer a competição que tanto queria conquistar. E isso serve para qualquer campeonato. Seja ele Mineiro, Carioca, Gaúcho, enfim.

Os Estaduais são apaixonantes. São os Estaduais que acirram a rivalidade entre os times. Que movimenta as torcidas do interior. Não ficou legal a declaração após a final contra o rival Corinthians. Em Minas tem um negócio de "Campeonato Rural". Ok. É Campeonato Rural e todo mundo quer ganhar.

Se perde o Rural chora, reclama de arbitragem, coloca a culpa em várias coisas. A verdade é: os Estaduais mexem com a emoção e não podem acabar nunca. Jamais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

FUTBLOG DO SORRISO NO FACEBOOK