segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Milan volta a vencer o Talismã e coloca a mão na taça do Campeonato Amador de Belo Oriente pela primeira vez na história

Milan leva a taça em Belo Oriente pela primeira vez na história 

A Comunidade de Brauninha está em festa. O Milan sagrou-se neste domingo campeão do Campeonato Amador de Belo Oriente 2017. Um choque de duas grandes equipes. No jogo de ida em Cachoeira Escura, o Milan já havia ganho do Talismã por 1 a 0.

A equipe comandada pelo técnico Marcinho foi a campo neste domingo com a vantagem e jogando com o regulamento debaixo do braço. Precisando de pelo menos devolver o resultado do jogo de ida para levar para as penalidades, o Talismã se lançou ao campo de ataque.

O time de Cachoeira Escura acendeu o ar das esperanças quando Vinícius acertou um torpedo de fora da área, colocando o Talismã em vantagem aos 36 minutos do primeiro tempo. O jogador receber um passe perfeito de Victor Hugo, que apenas rolou próximo a entrada da grande área. Vinícius mandou a bola no canto direito do goleiro Gustavo, que nada pôde fazer. Os jogadores e comissão técnica do Talismã saíram para comemorar. Talismã na frente. Assim terminou a etapa inicial, com as equipes se estudando muito e arriscando de forma bem esporádica.

O segundo tempo reservava muita tensão, já que seria crucial para a definição do título. A taça estava só na espera de quem a possuíria. De um lado estava o Talismã buscando o tricampeonato e de outro o Milan que até então buscava uma conquista inédita. Se o Talismã apresentou um melhor futebol na etapa inicial, veio o segundo tempo com o Milan adotando uma melhor postura. Quem mudou o panorama da partida foi o hábil Mateusinho, que havia entrado na partida. Simplesmente incendiou o jogo. Foi um dos principais personagens do Milan.

Depois de uma bola na área, Mateusinho escorou de cabeça, com a bola passando próximo a extensão da pequena área e sobrando para Guilherme GV concluir também de cabeça após o quique da bola e levar os torcedores do Milan ao delírio aos 16 minutos do segundo tempo. Tudo igual. Jogo empatado no Menezão: 1 a 1. O gol colocava a taça na mão do Milan devido ao resultado do primeiro duelo em Cachoeira Escura.

Restava ao Talismã anotar pelo menos mais um gol para levar pelo menos para as penalidades. Porém, se o resultado já estava adverso para a equipe de Cachoeira Escura, veio a situação a ficar ainda pior. O atacante Zoi recebeu uma bola em profundidade, invadiu a área e com muita calma deu um leve toque com a perna canhota tocando por cima do goleiro Léo, que viu a bola morrer no fundo das redes: 2 a 1 Milan. O gol que saiu já na marca de 35 minutos da etapa final. Comemoração geral de jogadores, comissão técnica e torcedores do Milan. Além de sofrer o gol, o Talismã acabou perdendo o lateral-esquerdo Renilton - expulso.

O Milan apenas administrou a vantagem e após o apito final do árbitro Cesar Teixeira, muita festa dos jogadores da equipe da Comunidade de Brauninha. Uma conquista inédita e que coloca o clube no rol dos campeões do município.

O Milan jogou e foi campeão com: Gustavo; Pretinho (Alício), Douglas (Mateusinho), Fredinho e Fael (Etinho); Matheus Alemão, Ricardo Luz, Jefinho Japão e Bicudinho; Zoi (Bruninho) e Guilherme GV. Técnico: Marcinho.

O Talismã jogou com: Léo; Dodô (Thiaguinho), Uarlei, Halbert e André (Renilton); Vinícius, Lineker (Lalá), Luiz (Mateus) e Gustavo (Geubim); Kaká e Victor Hugo. Técnico: Rafhael Douglas.

Apitou: Cesar Teixeira, que teve as assistências de Hermerson Alves e Mislaine Romualdo - trio da Liga de Desportos de Ipatinga. A mesária foi Yara Luíza - também da LDI.

Confira as entrevistas e a galeria de fotos do jogo em nossa página no Facebook. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

FUTBLOG DO SORRISO NO FACEBOOK